-->

المساهمون

Tecnologia do Blogger.

Search Modal

As trilhas sonoras opostas de Vidas sem Rumo (1983)

As trilhas sonoras opostas de Vidas sem Rumo (1983)

Susan Eloise Hinton tinha apenas 15 anos de idade quando começou a escrever seu livro Vidas Sem Rumo (The Outsiders), que contava a história de duas gangues rivais, focando no sensível Ponyboy Curtis, que sofre com a perda de seus pais e o envolvimento de seus irmãos mais velhos com os Greasers, a gangue mais pobre da cidade, que para piorar a situação vive em pé de guerra com os Socs, os mauricinhos da comunidade de Tulsa, Okhaloma.  A escritora baseou-se na vida de seus amigos, que em sua maioria eram greasers. Lançou Vidas Sem Rumo quando tinha 17 anos de idade e foi aconselhada a usar suas iniciais, S.E Hinton para dar mais credibilidade ao seu livro, já que não se achava que uma mulher escrevendo um livro sobre gangues faria sucesso. O truque, que J.K Rowling também usou, funcionou! The Outsiders, ou melhor, Vidas Sem Rumo, vendeu mais de 13 milhões de cópias mundo todo e se tornou leitura obrigatória para os estudantes de colegial nos Estados Unidos. Uma história escrita po

Saiba mais
Dicas: A 2º Caixa Surpresa

Dicas: A 2º Caixa Surpresa

A mais nova série de sucesso de Ryan Murphy é Feud, da Fox, que trata das desavenças mais famosas das celebridades. A primeira a ganhar o tratamento hollywoodiano foi as das divas Bette Davis e Joan Crawford, que comemorou aniversário nesta última quinta-feira, dia 23. Crawford, formalmente conhecida como Lucille Fay LeSueur, comemoraria mais de 100 anos de idade se estivesse viva. A data exata não é conhecida: Joan afirmou que havia nascido em 1908, mas inúmeros biográfos contestam essa informação. Para eles, a estrela nasceu em 1905 e alguns até disseram que ela havia nascido em 1904, o que seria impossível já que a data de nascimento de seu irmão Harold foi, mais ou menos, nessa época. Mas é como dizem, uma dama igual Joan Crawford nunca revela sua idade. Na verdade, a idade de nossa estrela é o que menos importa. Uma pioneira do cinema e uma das poucas atrizes a conseguir passar da era do cinema mudo para o falado com grande sucesso, Joan Crawford, atualmente, é mais conhecida

Saiba mais
O desbotado clã de Rhett Butler de Donald McCaig

O desbotado clã de Rhett Butler de Donald McCaig

*Aviso: spoilers sobre o livro e ...E o Vento Levou ...E O Vento Levou é um dos maiores livros já escritos por uma mulher. Desde sua publicação, em 1936, já se passaram 81 anos e a história de Margaret Mitchell vendeu mais de 30 milhões de cópias pelo mundo todo. O romance de Scarlett O'Hara e Rhett Butler começou quando a autora, recuperando-se de um tornozelo torcido, decidiu escrever um romance para se entreter. Ela teve bastante tempo: depois de recuperada, ficou mais três anos aperfeiçoando o seu livro.  E talvez fosse, por conhecer tão bem suas personagens, que qualquer outro autor que tenta escrever uma continuação de ...E O Vento Levou não tem chance alguma de sucesso. Existe, no entanto, uma boa notícia para os aficionados pelo original: O Clã de Rhett Butler - continuação escrita por Donald McCaig depois de doze anos de pesquisa - pode não ter chegado ao nível de Margaret, mas deixa os fãs da saga aliviados, depois do desastroso Scarlett de Alexandra Ripley. Di

Saiba mais
A parceria de Maureen O' Hara e John Wayne no cinema

A parceria de Maureen O' Hara e John Wayne no cinema

O cinema hollywoodiano criou pares que ninguém pode colocar defeito: Elizabeth Taylor e Richard Burton, Sophia Loren e Cary Grant e até a união eletrizante de Jerry Lewis e Dean Martin, embora não tivesse nenhum amor romântico entre eles. Esse foi o caso, também, com a parceria da irlandesa Maureen O'Hara e John Wayne, apesar dos rumores circulando de que eles seriam mais do que bons amigos na época. E pudera! A química entre os dois era inegável e deu tão certo que estrelaram em cinco filmes juntos, todos de grande sucesso. O'Hara e Wayne  durante o tapete vermelho de seu último filme juntos, Jake Grandão           Divulgação/Gif Mas a relação entre eles - e segundo eles!- sempre foi de irmão e irmã, desde quando se conheceram pela primeira vez, no dia de São Patrício, em 1940 na casa do renomado diretor John Ford. Maureen conheceu o cineasta gravando Corcunda de NotreDame (1939) e um ano depois estrelava em seu filme Como Era Verde Meu Vale, que ganhou o Oscar de Me

Saiba mais
Primo Moreschi e o seu lado da história do The Jet Black's

Primo Moreschi e o seu lado da história do The Jet Black's

Para Primo Moreschi, ou apenas Joe Primo, os anos 1960 foram tão agitados quanto os dos reis supremos do iê iê iê , The Beatles: formou a banda The Jet Black's, predominantemente instrumental, foi expulso da banda e deu a volta por cima formando Os Megatons, que trabalharam com nomes importantes da indústria fonográfica e eram conhecidos pelo uso do som distinto de uma guitarra com 12 cordas. Apesar de tanta influência, principalmente no começo da Jovem Guarda, o livro de Primo lançado pela Editora Oeste, do Mato Grosso do Sul em 2008 tem como título O Protagonista Oculto dos Anos 60. Primo Moreschi hoje em dia se foca em sua pintura                      Divulgação/Primo Moreschi Esse adjetivo, o do oculto, tem lá seus motivos: mesmo depois de afirmar com todas as letras que foi o fundador dos The Jet Black's, que na concepção tinha o nome de The Vampires, em homenagem a banda The Ventures, Joe Primo continua a defender sua criação, mais de 50 anos depois: "Consid

Saiba mais
2017 Caixa de Sucessos. All rights reserved. Designed by Infinyteam.